buy spy app
android spy txt
spy soft
spy text
cialis for sale
viagra mexico

medicinadefamiliaecomunidade2017

 

 

Fórum no CFM debate mercado de trabalho em Medicina de Família e Comunidade
 
 
O Conselho Federal de Medicina (CFM) realizará, no dia 12 de maio, em Brasília, o 6º Fórum de Medicina de Família e Comunidade. O objetivo do encontro é discutir o papel da medicina de família e comunidade na construção do modelo de saúde vigente no país, analisando as práticas públicas e privadas, visando estabelecer um marco norteador da área enquanto especialidade.

O encontro receberá representantes de diversas entidades e locais do país. A programação destaca a análise da medida prevista na lei do Programa Mais Médicos (12.871/13), que instituiu, como pré-requisito de acesso à residência médica, a formação na medicina geral de família e comunidade após a graduação. Além do CFM, estão previstos para o debate, representantes da Sociedade Brasileira de Medicina da Família e Comunidade, da Comissão Nacional de Residência Médica, além da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde.No período da tarde, a programação ficou reservada para debates sobre o mercado de trabalho do Médico de Família e Comunidade.
 
O coordenador da Câmara Técnica de Medicina de Família e Comunidade do CFM, conselheiro Leonardo Sérvio Luz, acredita que a medida prevista na lei não valoriza a especialidade. “É preciso levantar o debate sobre como fica a especialidade após o marco estabelecido pela lei. A Medicina de Família e Comunidade está subjugada como especialidade, quando deveria ser a porta de entrada para a Carreira de Estado. Valorizar o profissional é a saída para garantir uma atenção básica de qualidade”.
 

 

SERVIÇO:

6º Fórum de Medicina de Família e Comunidade do Conselho Federal de Medicina

Data: 12 de maio de 2017

Local: Brasília-DF

 

 

PROGRAMAÇÃO PRELIMINAR:  

8h30 – Credenciamento
 
9h - Abertura
Carlos Vital Tavares Corrêa Lima – Presidente do Conselho Federal deMedicina
Leonardo Sérvio Luz– Coordenador da Câmara Técnica de Medicina de Família e Comunidade do Conselho Federal de Medicina
Thiago Gomes da Trindade – Presidente da Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade 
Florentino de Araujo Cardoso Filho – Presidente AMB 
 
9h20- Mesa Redonda: “Revisitando a Lei 12871/2013: Panorama Atual e Perspectivas Futuras”
Presidente: Leonardo Sérvio Luz
Secretário: Paulo Celso Nogueira Fontão
 
“Revisitando a Lei 12871/2013: Panorama Geral”
  • Leonardo Sérvio Luz
                   “Visão da CNRM”
  • Rosana Leite de Melo
                   “Visão da Sociedade Brasileira de Medicina da Família e Comunidade”
  • Thiago Gomes da Trindade
                  “Visão do CFM”
  • Mauro Luiz de Britto Ribeiro
“Visão da SGTES - Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde”
  • Rogério Luiz Zeraik Abdalla
              
   11h00 – Debates
  
  
   12h30 - Intervalo 
        
14h – Mesa Redonda: “Mercado de Trabalho do Médico de Família e Comunidade”
Presidente: Denize Ornelas P. Salvador de Oliveira        
Secretário: Marco Tulio Aguiar Mourão Ribeiro
 
“Médico Jovem e os Novos Paradigmas do Mercado de Trabalho”
Carlos Henrique Peloso Silva Junior – Movimento Waynakay  
 
 “Áreas de Atuação do Médico de Família e Comunidade”
Maria Inez Padula Anderson  
 
14h40Mesa Redonda: “Sou Médico de Família: Onde Trabalhar?”
Presidente: Hércules de Pinho        
Secretária: Fabiana Prado dos Santos Nogueira
  • Setor Privado - Fernando Faraco
  • Organizações sociais de saúde - Ir. Monique Marie Marthe Bourget
  • Setor Público - José Carlos Arrojo Junior
  • A Medicina de Família e a Nova Grade Curricular nas Faculdades – Sigisfredo Luís Brenelli
        
 
15h40 – Debates
17h - Consensos e encaminhamentos
17h30 - Encerramento